terça-feira, abril 16

Faminto


Famintos, olhos.
Olhos famintos, que grudam em minha pele, desfazem minhas roupas e me comem com audácia.
Famintos olhos que me encaram, na cara. Famintos olhos que me seduzem.
Olhos famintos, que me arrancam suspiros.
Olhos famintos, famintos olhos.
Seus olhos famintos que de tão famintos me matam a fome, de você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Que tal seguir por email?

▲ TOPO