sábado, abril 20

Declaração

Longe, tão longe
tão longinquo
e tão belo
e mesmo eu,
sendo quem sou,
e nada sou,
posso dizer que,
a distância que nos separa
também nos une
e amo
e morro
mas, eu sou a ti
e em ti eu sou eu mesmo
e sendo quem sou
amo-te mais
que a mim

2 comentários:

  1. Olá Edivana. Tudo bom?

    Que lindo poema! Parece que a distância mexe com o coração e faz com que o amor cresça mais, não? e quando percebemos amamos mais que a nós. E foi isso que você disse, só que muito mais bonito. ^^

    Deixo aqui um convite para visitar meu blog também. Vai ser um grande prazer te receber.
    Abraços e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yumiko, muito obrigada pelo seu gentil comentário!
      Convite super aceito!
      Abraços!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Que tal seguir por email?

▲ TOPO