quinta-feira, maio 9

Velho inimigo

Por onde andaste tu?
Velho amigo
Necessito-te aqui, 
não por querer, mas, 
por falta de opção

Aquele momento primeiro
que em mim tocaste
tua forma velha, e então,
por onde andas hoje?
Talvez destruído, 
talvez vivo, 
talvez lá longe,
talvez em meu bolso,
talvez não

Por onde andaste tu?
Velho inimigo,
Querido Dinheiro

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Que tal seguir por email?

▲ TOPO