quinta-feira, maio 23

De que vale mesmo a beleza?

Me fale de beleza, narigudo sensual
Me explique altivez, barrigudo de boa lábia
Conte mais sobre amor, amante coxo
Fale-me doce vesgo, da loucura da língua, 
seja  qual for sua nacionalidade

Fale-me da beleza, interior, exterior
do que vale ela pelo sabor das mãos quentes,
do proveito do gozo, da satisfação do corpo
que sem ser belo, é ainda assim, todo repleto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Que tal seguir por email?

▲ TOPO