segunda-feira, agosto 11

Discussão existencial


— Tu devia parar com a procrastinação.
— Vou.
— Hoje?
— Quem sabe?
— Caraca, tu é de quebrar as pernas.
— Como poderia não ser? Olho pra dentro de mim mesmo e o que? Vazio. Qual o sentido?
— Você já deveria ter descoberto… pela quantidade de tempo que está aí, sentado nesse sofá.
— A televisão me ajuda.
— Há. Te ajuda em que? Ajuda em procrastinar.
— Que é isso mulher. É nela que eu encontro um objeto para preencher o meu vazio.
— Sei. Não quer ajuda pra preencher esse vazio?
— Só ficar quieto aqui, vendo o Programa Vazio da Tarde, obrigado.
— Tu é muito descarado. Tá com vazio, tá? Vou te comprar um consolo, bem grande e gordo… Ué, vai onde?
— Preencher meu vazio cortando a grama do quintal.
— He… Mais útil assim. Cuidado com o buraco, querido, pra não cair mato lá.

— Te ferrar, mulher!

2 comentários:

  1. Ao procrastinar preenchemos, se é que isto é possível, de mais vazio um vazio grande que nunca será preenchido. Se quiseres e puderes visite-me no blog.: adonispoesiaseprosas.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Que tal seguir por email?

▲ TOPO