terça-feira, agosto 6

Assassino

Temi ontem como nunca
a face do mal que há em mim
pois ela me fez fazer más coisas
com você. E gostei da sensação
do seu medo, seu pavor. Adorei!
Fora do meu controle, tomei sua vida
pulsante em minhas mãos, e bebi dela
com sedenta vontade. E como já disse, 
temi eu esse momento, inevitável.

2 comentários:

  1. Eu acho que todos nós ou quase todos temos esse monstro dentro de nós que pode ficar lá quietinho durante anos de nossa vida, porém, em algum momento ele pode despertar. O que também não deixa de ser uma forma de autoconhecimento. A questão está em domar o bicho que até então dormia.
    Bjs
    Lúcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho também que dentro de nós há um mostro adormecido, e que para despertá-lo requer um evento traumático, talvez. Que ele nunca se manifeste plenamente, é uma vitória, mas um pouquinho dele sobrevivi todos os dias em nós, embora não seja tão sanguinolento quanto eu expressei acima, seja na inveja, hipocrisia etc, e humanos imperfeitos, uma hora ou outra, esses sentimentos dão a cara, mesmo que seja para ninguém ficar sabendo.

      Obrigada por comentar!
      Abs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Que tal seguir por email?

▲ TOPO