quarta-feira, julho 31

Preciso pedir Perdão

Peço perdão pelos meus erros
que são traduções do meu corpo
aprisionado em uma jaula de sangue
que quer sua liberdade da prisão,
uma prisão muito bonita, mas não pode,
não pode me dar paz, a paz
que eu preciso. Agora.
Peço perdão pelos meus desafetos
buscando minha paz causei amargor alheio
E não é que me importe. Eu não.
Mas preciso pedir. Por educação, apenas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Que tal seguir por email?

▲ TOPO