sexta-feira, julho 26

Diabo

Nasceu com o diabo no corpo.
O pai concordou, a família, a sociedade e o mundo também.
Cresceu com o diabo no corpo.

Envelheceu com o diabo no corpo.
Nunca amou, nunca foi amado.
Morreu com o diabo, no corpo.
Nunca matou, nunca roubou, nunca estuprou, nunca bebeu, nunca fumou, nunca usou drogas, nunca transgrediu nenhuma lei, mas foi infinitamente desprezado, tinha o diabo no corpo.




Nota: O uso do Diabo transcende sua característica inicial, trabalho-o aqui como estigma.

2 comentários:

  1. Pessoa que pesam diferente da maioria. Comportamentos considerados excêntricos que, fogem dos padrões chamados normais, são discriminadas. " têm o diabo no corpo".
    Forte! adorei.
    Parabéns!
    Bjs da fã
    Lúcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lúcia, minha querida, obrigada!
      Beijos!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Que tal seguir por email?

▲ TOPO