quinta-feira, dezembro 19

Conto: Teus sonhos

Ih, mas que tive um sonho louco hoje. Veja bem, você foi acompanhar tua amiga ao médico, acho, e pegou no sono. Isso já é um sono dentro de um sono, O.K? O.K, então ela te acordou e vocês vão para o carro, e você dorme de novo. Mas não quer dormir, posto que nem cumprimentou as pessoas de lá, tipo, chegou e sentou, dormiu. Ruim, concordo. Daí você, cochilando, abre os olhos e não vê sua amiga no carro, depois você fecha os olhos bem apertados e ao abrir ela está sentada nele, lembrando que tem mais três pessoas no carro que você não conhece. Puta merda, você cochila de novo e o que? Não tem ninguém no carro, mas ele continua se movendo, aí é você pensar, eu tô dormindo porra, quero acordar. 
Troca o cenário, você vai pra um hotel pra almoçar, e como você chegou lá é um mistério, e mistério maior é você saber que está perto de uma outra pensão que você costuma se hospedar, mas não tem a mínima ideia de como chegar lá. Vamos comer. Sabe aquelas comédias fanfarronas que tudo dá errado, de derrubar comida do prato a alguém pegar seu prato por engano, etc, isso mesmo, tudo acontece com você, até você conseguir chegar a um conjunto de duas mesas largas e alguém decidir que você não está sentado entre elas e te esmagar. Pois bem, tem mais uma pessoa comendo por lá, e a sensação de déjà vu é grande, você sabe que conhece aquela pessoa de algum lugar, mas onde? 
Troca cenário, você já comeu, suponho, e foi escovar os dentes. Por algum motivo você trocou de roupa, e se no começo do sonho você levava sua carteira, agora você tem uma mochila com DOIS colchões e travesseiros. Sério, por quê? 
Aí você está desesperado pra ir pra casa, certo, aconteceu coisas demais. Mas você não sabe como chega e se seu senso de direção for igual o meu, você não vai chegar nunca. Aliás, devo lembrar que você não sabe o nome da sua rua. Fácil hein? Você reconheceu alguém no hotel, bom. O cara te fez saber que você esta pertinho daquela pensão que você gostava de se hospedar. Claro, você vai pedir informação, óbvio. Mais óbvio ainda é ele te dar uma informação super completa: Você sobe por ali, e depois desce. E bem? É isso. 
Aí você tem certeza que alguma coisa não está normal na sua "vida". Tu tá sonhando. Aí você ouve sua mãe falando que está preocupada com você, que quer te ligar, mas tem alguém falando pra ela deixar de se preocupar, que está tudo bem com você. Não, não está, você está tendo um sonho-pesadelo e quer/precisa acordar. Pânico, você grita, me liga mãe. E acorda assustada.

Alívio.


E aí, anda sonhando muito? Deixe um comentário ou conte um sonho. ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Que tal seguir por email?

▲ TOPO